Classificação clínica da Fibrilação Atrial

Classificação clínica da Fibrilação atrial

De acordo com II Diretriz Brasileira de Fibrilação atrial (2016), nós podemos classificar a fibrilação atrial em 04 formas, de acordo com sua apresentação clínica.

Fibrilação atrial paroxística: É aquela revertida espontaneamente ou com intervenção médica em até 07 dias do seu início;

Fibrilação atrial persistente: É quando o episódio apresenta duração superior a 07 dias;

Fibrilação atrial persistente de longa duração: É quando apresenta a arritmia com duração superior a um ano;

Fibrilação atrial Permanente: Quando as tentativas de reversão para ritmo sinusal não serão mais instituídas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *